Notícias da UFVJM
Qua, 05 de Dezembro de 2018 14:43

O Centro Acadêmico Dr. Hércio Pereira Ladeira, do curso de Engenharia Florestal da UFVJM, está promovendo o Café Florestal. O café vai ser realizado dia 7, às 14h, no Departamento de Engenharia Florestal e é organizado pelos alunos da graduação com o apoio do departamento.

Na programação tem a participação da professora Magnania Cristiane Pereira Costa, que vai falar sobre o poder da comunicação verbal e não-verbal. E o também engenheiro florestal Gabriel Moreira Junqueira, presidente da Sociedade Mineira de Engenheiros Florestais (SMEF), trata do tema “A profissão do engenheiro florestal no mercado de trabalho: o profissional inserido nas instituições e a importância da ART”.

Café Florestal tem como objetivo abordar temas diversos que contribuam com a vivência dos alunos. É um evento aberto para todos da UFVJM.

O evento é gratuito e para se inscrever é necessário fazer inscrição pelo link do formulário on-line. Quem participa recebe certificado.

Como surgiu o café

O evento teve início com um bate papo com o professor Eric Gorgens sobre sua vivência no exterior. O vídeo do primeiro encontro já está no canal do YouTube, neste link.  Confiram!

Última atualização em Qua, 05 de Dezembro de 2018 14:44
 
Ter, 04 de Dezembro de 2018 11:21

No dia 14 de dezembro, vai ser realizada mais uma atividade do grupo de estudos Depressão, Saúde e Sociedade, em parceria com o Laboratório de Sociologia e com apoio do Departamento de Ciências Básicas, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e curso de Fisioterapia da UFVJM. Intitulado Saúde e Terapia Comunitária Integrativa, o evento vai ser realizado no auditório do prédio da Fisioterapia, Campus JK.

O evento está aberto à comunidade universitária e comunidade externa. Segundo a professora Silvia Regina Paes, membro do grupo, o objetivo é discutir as diversas possibilidades existentes dos cuidados com a saúde, além do tratamento da medicina convencional. "Teremos palestras sobre diversas terapias alternativas para o cuidado com a saúde e vivências com terapeutas convidados", conta Silvia.

Confira a programação

Última atualização em Ter, 04 de Dezembro de 2018 11:26
 
Ter, 04 de Dezembro de 2018 10:52

Com um enfoque amplo do ensino de História, escolar e não-escolar, o Laboratório de Práticas de Ensino em História (LAPEHIS) inaugura hoje sua programação de dezembro com o filme O Processo.

A programação abrange atividades de exibição de filmes, análise e debates e serão realizadas às terças-feiras, sempre a partir das 15h30, nos dias 4 e 11, e, na segunda-feira, dia 17. Os filmes seguintes serão Vazante e Joaquim, filmados na região de Diamantina.

Sobre o filme O Processo

O documentário O Processo, dirigido por Maria Augusta Ramos e lançado em 2018, é uma narrativa audiovisual, recheada de imagens e depoimentos que acompanham o enredo em torno do processo que culminou na destituição de Dilma Rousseff. Com imagens produzidas durante os acontecimentos, o filme ganha uma dramaticidade englobante que, ao mesmo tempo em que narra, reflete sobre o contexto mais amplo no qual pode ser inserida a crise política.

Última atualização em Ter, 04 de Dezembro de 2018 10:55
 
Ter, 04 de Dezembro de 2018 10:40

Com o objetivo de abrir os espaços da universidade pública aos saberes tradicionais dos povos nativos, o Laboratório de Pesquisa em História, o curso de licenciatura em História e o Laboratório de Montagem Cênica vão realizar, no próximo dia 6, o evento Pensar a História Indígena Hoje. As atividades envolvem encenação da lenda Acayaca e análise do documentário Guerra sem Fim, dentre outras, e acontecem no Centro de Humanidades do Campus JK, em Diamantina.

Segundo Mariana Arantes, professora substituta do curso de Licenciatura em História da UFVJM, é importante um evento que desenvolva conhecimentos que atuem contra a colonialidade do poder e do saber que opera nas Américas há cerca de cinco séculos, gerando relações desiguais de saber-poder que suprimiram as formas de saber dos povos colonizados.

“Espera-se contribuir com o desenvolvimento e propagação de uma história local que leve em consideração a criação de uma epistemologia indígena do conhecimento que relacione várias matrizes de conhecimento, relações interpessoais, ambientais e espirituais, a importância da língua em tais processos, o saber ancestral dos povos autóctones, a coletividade do conhecimento e o papel relacional do investigador”, reflete ela.

Última atualização em Ter, 04 de Dezembro de 2018 10:41
 


Página 4 de 1095

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6000
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Prédio CAIC Av. Manoel Bandeiras, 460
Veredas CEP 39440-000
Telefone: +55 (38) 3829-3100
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Vereador João Narciso, 1380
Cachoeira CEP 38610-000
Telefone: +55 (38) 3677-9950