Federal University of Jequitinhonha and Mucuri Valleys (UFVJM)

PDF
Print
E-mail

Recursos provenientes de TAC aplicados à Vale poderão ser destinados a projetos da UFVJM

No dia 30 de setembro, ocorreu em Belo Horizonte um encontro para avaliar possibilidade de recebimento por parte de instituições federais de ensino superior (IFES) de recursos advindos de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) aplicados à empresa Vale por crimes ambientais na região de Brumadinho. A reunião aconteceu após convite do professor Janir Soares, reitor da UFVJM, aos reitores das universidades federais mineiras para uma reunião com o procurador-geral do Ministério Público do estado de Minas Gerais (MPMG), Antônio Sérgio Tonet. O encontro foi uma iniciativa do deputado federal Fábio Ramalho.

“Inicialmente, milhões de reais poderão ser repassados às universidades federais e institutos federais, os quais, em contrapartida, se comprometerão a desenvolver projetos junto às comunidades de Brumadinho e/ou nos territórios de abrangência das suas respectivas instituições de ensino superior. A prioridade dos projetos é para a recuperação ou preservação do meio ambiente, mas as instituições poderão atuar em outros setores da sociedade, conforme a expertise da IFE, a exemplo da saúde e educação”, ponderou o procurador Tonet.

Foto: Ronaldo Guimarães/UFVJM

 

Os reitores e os representantes de oito universidades mineiras que participaram dessa primeira reunião manifestaram grande interesse nessa proposta, e deliberou-se por constituir grupos de trabalho junto ao Fórum de Dirigentes das Instituições Públicas de Ensino Superior de Minas Gerais (FORIPES/MG), para, numa próxima reunião, avançar com as tratativas entre as instituições.

O reitor da UFVJM salientou a necessidade de recuperação de significativa extensão do Rio Jequitinhonha, devastado pela prática ilegal do garimpo. “Enfatizo a premente necessidade de recuperação/preservação de nascentes de água doce e das matas ciliares em muitos rios dos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri, bem como a necessidade de desenvolvermos mais projetos e fortalecer as iniciativas já existentes em prol das bacias hidrográficas das nossas regiões visando o controle de poluentes, recuperação da fauna e da flora”, declarou.

A adesão dos servidores da UFVJM a essa proposta está sendo acolhida por meio das Pró-Reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) e de Extensão e Cultura (Proexc), que já estão cadastrando grupos de pesquisadores interessados. Em breve, esses grupos vão discutir com a comunidade acadêmica da UFVJM os respectivos planos de trabalho. A proposta é que os recursos repassados à UFVJM sejam gerenciados por uma fundação de apoio, com previsão de bolsas para os coordenadores dos projetos e inclusão de técnicos administrativos e estudantes com possibilidade de pró-labore e bolsas, respectivamente.

Last Updated on Tuesday, 08 October 2019 15:39
 
PDF
Print
E-mail

Comunicado: Suspensas atividades do projeto Papel Social

Projeto ficará suspenso enquanto durar pandemia causada pelo coronavírus

Atendendo às orientações da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc/UFVJM, em razão da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), a coordenação do projeto de extensão Papel Social informa que ficarão suspensas as atividades de campanha para coleta, recebimento e doação de papéis para a Associação de Catadores de Papel de Diamantina (ACAD). A coordenação informa que as atividades serão prosseguidas após a normalização da situação.

 
PDF
Print
E-mail

Curso de Engenharia de Materiais da UFVJM entra no combate ao novo coronavírus

Estudante do Campus Janaúba e estagiário na Ambev coordena produção de escudos faciais para profissionais de saúde

Escudos faciais impressos em 3D (foto: Lucas Emanuel)

 

Estudante do último período do curso de Engenharia de Materiais da UFVJM, no Campus Janaúba, e estagiário da empresa brasileira produtora de bebidas, Ambev, Lucas Emanuel Pereira Silva está à frente de mais uma ação de combate ao novo coronavírus. O estudante está coordenando o projeto de produção de escudos faciais impressos em 3D para serem destinados aos profissionais de saúde da rede hospitalar pública da cidade de Sete Lagoas (MG), onde a empresa está instalada e onde Lucas realiza seu estágio.

Segundo o estudante, o setor de Engenharia de Materiais da Ambev está produzindo escudos faciais impressos em 3D, montados e distribuídos, gratuitamente, aos hospitais públicos do município para os profissionais que lidam diretamente com os pacientes acometidos pelo vírus ou suspeitos e ele está coordenando a linha de produção das peças.

“Nessa primeira etapa, procuramos atender os hospitais com as “face shields”, um projeto útil e objetivo no que tange à proteção dos médicos e enfermeiros que atenderão aos pacientes suspeitos ou confirmados com a Covid-19. Selecionamos os materiais de manufatura aditiva que mais se adequam a determinada aplicação, resistindo à higienização adequada e podendo ser reutilizados. Até ontem, conseguimos produzir mais de 30 unidades para distribuição”, explica Lucas.

Adaptador de mangueira do respirador matriz, à esquerda,  e peça desenvolvida, à direita (foto: Lucas Emanuel)

 

De acordo com ele, além dos escudos faciais, o departamento de Engenharia de Materiais da Ambev está buscando solucionar problemas para que os equipamentos de respiração não parem de funcionar por falta de peças específicas. “Peças pontuais para esses equipamentos também estão sendo desenvolvidas por nosso departamento através da engenharia reversa. Recebemos a demanda dos hospitais e desenvolvemos o projeto, aplicando a manufatura aditiva. Até o momento, estamos com projetos de uma válvula e um adaptador para mangueira, ambos para o respirador. As duas peças estão em fase de teste e logo deverão ser validadas para uso”, afirma Lucas.

“A nossa prioridade é entregar as peças dentro dos parâmetros e normas de segurança exigidas, alinhando engenharia e responsabilidade, utilizando nossa máxima capacidade produtiva com objetivo de propiciar as peças no menor tempo possível. Ao longo das próximas semanas, mais hospitais serão ajudados, entre eles o Hospital Nossa Senhora das Graças, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), e alguns hospitais de Belo Horizonte”, conclui o estudante.

Profissional de saúde utilizando o modelo de escudo facial escolhido (foto: Lucas Emanuel)

 

Lucas Emanuel iniciou seu estágio na Ambev no segundo semestre de 2019 e está sendo orientado pelo professor Erenilton Pereira da Silva, do curso de Engenharia de Materiais da UFVJM no Campus Janaúba.

Last Updated on Tuesday, 31 March 2020 11:54
 
PDF
Print
E-mail

Reitoria divulga comunicado sobre assinatura de convênio com a CASU

A Reitoria informa que na última quinta (26) foi assinado o segundo termo aditivo ao Convênio nº 001/2014, celebrado entre a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e a Caixa de Assistência à Saúde da Universidade – CASU/UFMG.

O objetivo do convênio é formalizar a condição da UFVJM como convenente dos Planos Privados de Assistência à Saúde ofertados pela CASU/UFMG e proporcionar aos servidores ativos, inativos, dependentes e agregados a possibilidade de ingresso nos planos de saúde administrados pela CASU/UFMG.

A atual gestão entrou em exercício em 13/8, quando restava apenas pouco mais de trinta dias para o encerramento do primeiro aditivo, prazo considerado exíguo para a celebração de um novo convênio, o que demandaria pelo menos quatro meses; por isso foi necessária a assinatura do aditivo. Durante esse período de pouco mais de trinta dias, a atual gestão buscou esforços para realizar todos os procedimentos legais necessários à formalização do segundo termo aditivo, a fim de resguardar o direito do servidor de assistência à saúde.

Ressalta-se, conforme constante no item 27 do Parecer n.º 149/2019, de lavra do procurador Federal Wilson Ursine Júnior, que “(...) o 1º Termo Aditivo ao Convênio n.º 001/2014 foi assinado pela UFVJM sem ter sido previamente submetido ao crivo do órgão da Procuradoria Geral Federal junto à UFVJM. Esse evento caracteriza-se como um vício de legalidade por violação ao artigo 38, Parágrafo Único, da Lei nº 8.666/93 (..)”.A Reitoria destaca que a assistência à saúde do servidor é um direito e a continuidade da prestação desse serviço deve ser garantida por meio dos instrumentos legais disponíveis. Ademais, essa prorrogação proporcionará aos associados a continuidade dos serviços nos mesmos moldes contratados.

A Reitoria destaca que a assistência à saúde do servidor é um direito e a continuidade da prestação desse serviço deve ser garantida por meio dos instrumentos legais disponíveis. Ademais, essa prorrogação proporcionará aos associados a continuidade dos serviços nos mesmos moldes contratados.

Veja mais foto da reunião no Facebook da Reitoria.

Last Updated on Saturday, 28 September 2019 15:16
 
PDF
Print
E-mail

Reitor promove reunião sobre transporte público em Diamantina

Na manhã da última quinta (19), o reitor da UFVJM reuniu-se com alunos, servidores e membros da comunidade para discutir o aumento da tarifa de ônibus no município de Diamantina. O objetivo da reunião foi intermediar uma possível solução para a questão, possibilitando que os alunos pudessem ouvir as partes envolvidas.

Estiveram presentes o prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, o empresário responsável pela empresa de transportes, Geferson Burgarelli, o pró-reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis, Marcelo Laia, a diretora de Assistência Estudantil, Isabel Cristina, estudantes de vários Centros Acadêmicos e demais membros da comunidade.

O reitor da UFVJM sugeriu um adiamento do aumento da passagem até o fim do ano e os estudantes também levantaram proposições junto à empresa de ônibus e à prefeitura. As possibilidades ainda estão sendo analisadas.

Foto: Marina Santos/UFVJM

Para ver mais fotos e ficar por dentro das ações da Reitoria, acesse o Facebook.

 
Page 8 of 1116

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6024
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5.000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Avenida Um, nº 4.050
Cidade Universitária CEP 39447-790
Telefone: +55 (38) 3532-6808 e (38) 3532-6812
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Universitária, nº 1.000, B
Universitários CEP 38610-000
Telefone: +55 (38) 3677-9950